Como trabalhar no exterior, morando no Brasil?

4 min de leitura

Trabalhar no exterior

O crescente uso da tecnologia rompeu algumas barreiras entre países. Do ponto de vista da construção de carreiras, trabalhar no exterior se tornou uma possibilidade interessante para crescimento profissional e para adquirir novas experiências globalmente. 

Os brasileiros são mundialmente reconhecidos por sua criatividade, bom trabalho e por serem mão de obra mais barata em comparação a outros profissionais estrangeiros. Mas para muitas pessoas, por diversos motivos, ainda é difícil deixar o Brasil para viver em outros países. Nesse contexto, expandir a carreira através do trabalho remoto tornou-se uma boa opção para quem quer se destacar no mercado internacional mas ainda não pode morar em outro lugar. 

No artigo falaremos com mais detalhes sobre as possibilidades de trabalhar no exterior morando no Brasil. O conteúdo apresenta dicas valiosas para acelerar a sua carreira internacional e conseguir uma boa vaga. Continue a leitura e se prepare para ter sucesso no exterior. Vamos lá?

Descubra os principais setores que contratam

A maior parte das vagas disponíveis são para profissionais do setor de tecnologia. Desta área, são muito procurados pessoas que atuam como:

  • Desenvolvedores back-end
  • Desenvolvedores front-end
  • Desenvolvedores full-stack
  • Engenheiros de dados
  • Especialistas em Cloud AWS
  • Desenvolvedores de aplicativos

Entre os desenvolvedores, as linguagens mais procuradas são ruby, react, node, scala e python. E ainda em tecnologia, as empresas estão também de olho em profissionais com experiência em liderança e gestão de equipes.

Mas não são apenas os profissionais de tecnologia que estão sendo cobiçados pelas empresas estrangeiras. Algumas outras áreas também se destacam nesta busca, que são:

  • Customer Success
  • Análise de dados
  • Design
  • Marketing Digital
  • Vendas
  • Atendimento
  • Finanças

Saiba quais os benefícios de trabalhar no exterior remotamente

A pandemia acelerou o movimento crescente do trabalho remoto. As pessoas de repente foram obrigadas a atuar profissionalmente desta maneira, bem como as empresas.

 Para facilitar o processo, surgiram novas ferramentas que auxiliam essa forma de trabalho e potencializam a comunicação entre a equipe, na qual membros muitas vezes estão espalhados por vários lugares do mundo. O modelo de trabalho remoto apresenta alguns benefícios que atraem cada vez mais profissionais. Entenda quais são os principais.

Melhor remuneração

O principal benefício de trabalhar remotamente no exterior certamente é o financeiro. Com o euro, o dólar e a libra valendo mais de cinco reais, contratar um profissional brasileiro é vantajoso tanto para a pessoa quanto para a empresa. 

Para quem é contratado, a remuneração será maior do que as empresas nacionais pagam aos seus funcionários. Já em relação às empresas, o custo de contratação é bem menor do que o de um funcionário do mesmo país.

Nos EUA, por exemplo, uma empresa consegue contratar um desenvolvedor brasileiro pagando entre 50% a 70% do que pagaria a um profissional norte americano. Por outro lado, no Brasil este mesmo valor é mais do que o dobro que receberia o mesmo profissional em uma empresa brasileira. Impressionante, não é mesmo?

Rotina flexível

Um outro benefício que conquista os profissionais é a flexibilidade de horários e a possibilidade de adequar a rotina. Os adeptos do trabalho remoto tendem a encontrar um equilíbrio entre a vida profissional e pessoal no que se relaciona a gestão do tempo. Nada de perder horas no trânsito para chegar no escritório, por exemplo. O tempo é utilizado de maneira mais sábia e eficaz.

E você já ouviu falar dos nômades digitais? Você não precisa estar na sua casa para trabalhar remotamente para alguma empresa fora do país. Como o foco é a entrega de um trabalho de qualidade, você pode estar em qualquer lugar que desejar, desde que cumpra os requisitos básicos para desenvolver as suas tarefas de rotina.

Para quem tem o espírito mais aventureiro e gosta de viajar, é o modelo de trabalho ideal para pôr o pé no mundo e viver novas culturas, quando quiser, sem perder a remuneração. 

Upgrade no currículo

Quem nunca sonhou em ter no currículo uma experiência em alguma empresa de renome, que se destaca no cenário mundial? Trabalhar remotamente no exterior tornou esse sonho possível.

Além de subir um degrau na carreira, ter contato com profissionais de outras culturas, com outras línguas e formas diferentes de trabalhar abrem caminho para o desenvolvimento pessoal de habilidades importantes como comunicação, organização, planejamento e outras.

É uma oportunidade de se abrir para o mundo, de praticar outros idiomas e de conhecer pessoas muito diferentes daquelas que geralmente frequentam o seus círculos sociais. É uma experiência e tanto!

Confira dicas para conseguir um emprego remoto no exterior

Separamos algumas dicas para ajudar você a conseguir uma vaga remota em empresas no exterior, de acordo com o seu perfil. Conquistar o emprego dos sonhos em qualquer lugar do mundo é mais simples do que você possa imaginar. E vamos às dicas!

1 – Pesquise

A internet é uma aliada importante para conseguir uma vaga. Defina a sua área de atuação e comece pesquisando empresas que já contratam profissionais brasileiros. Descubra tudo sobre elas e fique de olho se estão com vagas disponíveis.

2 – Capriche no currículo

No caso de trabalho remoto, um bom currículo é um diferencial. A apresentação profissional precisa ser robusta, moderna e com informações claras e diretas que sejam condizentes com a vaga que você se interessou. Reforce habilidades importantes para o modelo remoto, como comunicação, motivação, organização e gestão do tempo. 

Além disso, é preciso ser fluente ou pelo menos ter domínio avançado da língua do país de origem da empresa. É importante, também, fazer a versão do seu currículo e do perfil no Linkedin em inglês, para facilitar a apresentação aos recrutadores internacionais.

3 – Melhore o networking

Compareça a eventos da área e converse com profissionais do ramo, preferencialmente os que já trabalham em empresas do exterior. Aumente a sua rede de contatos e faça trocas importantes de experiências e de ideias com estas pessoas.

E, quando se sentir à vontade, peça indicações a estas pessoas. Muitas vagas são conseguidas por recomendação de alguém que trabalhou ou trabalha desta forma. Deixe a vergonha de lado e seja sincero sobre suas intenções.

4 – Estude o modelo remoto

Antes de tentar qualquer vaga remota em outros países, estude a fundo as características da modalidade. Há diferentes tipos de contratos e formas de pagamento, depende da empresa, da vaga e das ambições e interesses de ambos os lados envolvidos.

Como vimos, trabalhar no exterior morando no Brasil é uma excelente forma de ter uma boa remuneração, se destacar no mercado e ter acesso a boas oportunidades. No artigo trouxemos algumas dicas valiosas que podem ser úteis na hora de tomar esta decisão e escolher a empresa mais adequada ao seu perfil. 

E não se preocupe com o pagamento se você for trabalhar no exterior. Para receber remessas internacionais, através da Husky você encontra a forma mais simples e sem burocracias para os valores chegarem na sua conta brasileira.

Profissionais que trabalham remotamente para o exterior já utilizam a nossa plataforma para receber seus pagamentos.  Entre em contato com a Husky e descubra como receber o seu dinheiro de forma descomplicada e com as menores taxas do mercado.

Photo by Nelly Antoniadou on Unsplash

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.