O que é SQL? Veja para que serve

2 min de leitura

eduardo Especialista em SEO e produção de conteúdo, já atuei em diversas empresas de renome no Brasil e exterior. Com vasta experiência em temáticas financeiras, gosto de ajudar as pessoas a tomarem melhores decisões com seu dinheiro!
o que é sql

A linguagem SQL é padrão para trabalhos com bancos de dados relacionais. Ela é uma linguagem declarativa que não precisa de grandes conhecimentos de programação para ser executada.

No geral, a SQL pode ser usada como os principais bancos de dados do mercado, com versões gratuitas e de código aberto.

Além disso, ela tem aplicações simples, seja para bancos de dados do Excel, até funcionalidades mais complexas, como dados de linguagem para diferentes fontes de informações.

Então, se você quer saber mais sobre a linguagem SQL, está no lugar certo! Separamos para você algumas informações relevantes sobre essa ferramenta e a sua forma de uso no cotidiano. Confira!

O que é SQL e para que serve?

A sigla SQL vem dos termos em inglês “Structured Query Language”, ou seja, “Linguagem de Consulta Estruturada”, e é uma linguagem padrão para manipulação de registros em bancos de dados.

A linguagem SQL é declarativa e apresenta sintaxe simples e fácil de ser aprendida até por pessoas iniciantes na área da programação. Por isso, pode ser usada para qualquer tipo de manipulação dos registros de um banco de dados.

Ela serve para criar, inserir, atualizar, excluir e consultar as informações armazenadas na base, além de outras diversas funções mais complexas.

A linguagem SQL foi criada para facilitar o gerenciamento de dados armazenados em bancos. Alguns dos principais sistemas que utilizam essa tecnologia são:

  • MySQL: criado pela Oracle, é uma opção que oferece serviços gratuitos e pagos;
  • PostgreSQL: muito usado em aplicações web, é uma opção gratuita de código aberto;
  • Oracle: conhecido pela segurança, é um dos mais usados por grandes corporações;
  • SQL Server: desenvolvido pela Microsoft, oferece tanto serviços pagos quanto versões gratuitas para download.

Dentro de toda essa abrangência, os principais comandos da linguagem SQL são:

  • SELECT: busca linhas em tabelas de acordo com um critério definido dentro da chamada cláusula de WHERE;
  • INSERT: insere novas linhas na tabela;
  • UPDATE: atualiza linhas do banco de dados de acordo com um critério de WHERE;
  • DELETE: remove linhas da tabela de acordo com um critério.

Há ainda uma infinidade de subcomandos para fazer buscas mais elaboradas, criar tabelas, linhas, colunas, relacionamentos e chaves, dentre outras funções.

Quais as vantagens da SQL?

Uma das principais vantagens da linguagem SQL é a padronização. Isso porque ela oferece uma ampla documentação, permitindo que você lide facilmente com diferentes bancos de dados.

A SQL também permite acesso rápido aos dados, com a recuperação de múltiplos registros com um único comando, tudo feito de forma rápida e eficiente. Outra funcionalidade da SQL é a portabilidade, em que a ferramenta pode ser usada em diversas aplicações para diferentes plataformas.

E também há as múltiplas visões de dados SQL, que definem diferentes visualizações da estrutura do banco para diferentes pessoas usuárias. Além disso, com a SQL é possível implementar uma arquitetura cliente-servidor.

É difícil aprender SQL?

No geral, o aprendizado da linguagem SQL é fácil, até mesmo para as pessoas que não estão muito familiarizadas com o ambiente de programação.

Uma das principais dificuldades que podem surgir é com a interface de um banco de dados SQL, que pode ser mais difícil de lidar. E também com os custos operacionais de alguns serviços, que podem dificultar o acesso dos desenvolvedores.

Qual a diferença entre MySQL e SQL?

Praticamente todas as aplicações de internet e bancos de dados desempenham um papel importante no ambiente web. E essa dinâmica exige algum tipo de mecanismo de armazenamento confiável de dados e informações.

Dois desses sistemas são o MySQL e o SQL, que desempenham as mesmas funções, embora tenham usos diferentes.

No geral, ambos podem ser usados para criar tabelas para armazenar dados, referências a chaves primárias e externas, assim como múltiplos bancos de dados dentro de um único ambiente ou servidor.

Mas a linguagem SQL é usada nos bancos de dados relacionais, enquanto o MySQL é usado para o gerenciamento de banco de dados que fazem o uso da linguagem SQL.

Por fim, quem trabalha com o desenvolvimento de softwares precisa aprender SQL, já que a maioria dos sistemas de informação interage com banco de dados, e essa é a linguagem universal para fazer qualquer coisa nos bancos de dados relacionais.

eduardo Especialista em SEO e produção de conteúdo, já atuei em diversas empresas de renome no Brasil e exterior. Com vasta experiência em temáticas financeiras, gosto de ajudar as pessoas a tomarem melhores decisões com seu dinheiro!