Google anuncia mudança na cobrança de impostos sobre os ganhos do YouTube

58 sec de leitura

Google anuncia mudança na cobrança de impostos sobre os ganhos do YouTube

Vários creators brasileiros se surpreenderam ao receber um informe do Google sobre uma mudança na cobrança de impostos do YouTube. O comunicado, enviado por email, diz que, a partir de 1º de abril de 2022, todo o lucro vindo de publicidade feito com empresas brasileiras sofrerá um desconto de 14% antes do repasse aos creators.

Segundo o YouTube, a mudança vai acontecer agora por um erro de cálculo da plataforma, que até então realizava o desconto depois da divisão do lucro.

Por exemplo, se um canal gerasse R$ 100 de lucro em anúncios, 55% ficava para o creator e 45% era descontado de taxas do YouTube. Só então o Youtube descontava 14% do lucro destinado ao creator para cobrir o pagamento de impostos, como manda a legislação brasileira.

Agora, esses 14% serão descontados antes da divisão de lucros entre creator e a plataforma. Ou seja, se o canal gerar R$ 100 em lucro, serão retirados R$ 14 para o pagamento de impostos e o restante será dividido.

Vale reforçar que a regra só é válida para lucro obtido com anunciantes brasileiros.

A estimativa do YouTube é que a maioria dos creators sofra um desconto de 10% nos ganhos totais com a plataforma, o que deve impactar principalmente creators de porte médio.

No Twitter, vários creators se manifestaram contra a política de cobrança da plataforma:

O time de experts do YouTube produziu um documento para responder as dúvidas dos creators sobre a cobrança. Você pode ler o documento na íntegra aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.