Como converter dólar em real?

3 min de leitura

eduardo Especialista em SEO e produção de conteúdo, já atuei em diversas empresas de renome no Brasil e exterior. Com vasta experiência em temáticas financeiras, gosto de ajudar as pessoas a tomarem melhores decisões com seu dinheiro!
como-converter-dolar-para-real

No mundo globalizado, as transações bancárias também acontecem entre vários países. E, hoje em dia, o dólar é a moeda de referência para diversas transações, seja em viagens para o exterior, negociações internacionais e outras.

Por isso, é importante saber como converter o dólar em real, e vice-versa. Neste post, tiramos as principais dúvidas sobre esse assunto e te mostramos como fazer a conversão, da forma mais simples e fácil possível.

O que é dólar?

Primeiramente, é importante que você tenha uma noção mais abrangente sobre o que é dólar. O dólar é a moeda oficial dos Estados Unidos e outros países como Canadá, Austrália e Nova Zelândia, e é uma das moedas mais caras do mundo.

O dólar é aceito em diversos países e utilizado em reservas internacionais em várias partes do mundo. Por isso, é uma moeda importante para transações econômicas e negociações internacionais.

Quais as diferenças entre dólar e real?

Agora que você já sabe o que é dólar, chegou a hora de entender quais as diferenças entre dólar e real. O real é a moeda oficial do Brasil. Logo, a principal divergência entre elas é o país em que são usadas oficialmente.

O real é usado somente no Brasil. Enquanto o dólar é a moeda oficial dos Estados Unidos e outras localidades, como El Salvador, Equador, Panamá, Zimbábue, etc. Além disso, a cotação das moedas é diferente, sendo que o dólar costuma ser mais valorizado que o real.

O que é cotação das moedas?

A cotação é o preço, ou valor, de uma determinada moeda. Esse preço é estabelecido pelo mercado e pode sofrer variações constantes.

A cotação do dólar, frente ao real, segue a taxa de câmbio dada a partir da relação entre a economia brasileira e a norte-americana. Assim, o câmbio determina quantos reais são necessários para comprar um dólar.

Diversos fatores influenciam na cotação, como a taxa de juros, o déficit ou o superávit comercial, o turismo local e internacional, as crises econômicas, dentre outros.

Além disso, existem dois tipos de dólar: o dólar comercial, utilizado em transações financeiras e na bolsa de valores, oscilando por dia; e o dólar turismo, utilizado nas casas de câmbio, taxas de cartão de crédito e outras operações feitas por pessoas físicas.

Quanto é U$1 em reais?

O dólar hoje equivale a 5,2069194 reais, na conversão média do mercado. Mas, para as transações, é preciso avaliar as taxas incluídas para compra e venda de dólar.

Essas taxas definem a diferença entre o valor que a instituição paga na moeda e o que ela disponibiliza para compra, com uma margem de lucro.

Além disso, as transações financeiras internacionais são medidas pelo Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que é de 1,1% para aquisições de moedas em espécie ou transferências para a mesma titularidade; e 0,38% em transações para terceiros.

Já nas transações internacionais feitas com cartões de crédito, débito ou pré-pago, o imposto é de 6,38%. Daí a necessidade de avaliar qual transação e quais as taxas aplicadas sobre ela, antes de movimentar o dinheiro.

O que é conversão das moedas?

A conversão das moedas é uma operação de câmbio. Por meio dela, é possível transformar uma moeda em outra, a partir de uma transação financeira.

Conforme dissemos, a diferença nos valores de conversão do dólar em real é baseada em fatores econômicos. A inflação do país, a taxa básica de juros e outras especificidades podem influenciar na cotação das moedas.

Dessa forma, a cotação usada na conversão das moedas passa por mudanças constantes, sem ter um valor fixo pré-determinado.

Qual a importância da conversão das moedas?

Em um mundo globalizado, diversos recursos necessários em um país são adquiridos por meio da importação, enquanto grande parte de outros recursos são exportados para o exterior.

Logo, a cotação das moedas influencia na economia como um todo, afetando a compra e a venda de produtos internacionalmente.

Nesse sentido, a conversão das moedas permite que se acompanhe os impactos dos movimentos da economia. Além de permitir que se entenda melhor as tendências econômicas globais.

Como converter dólar em real?

Após entender as diferenças entre dólar e real, saber mais sobre o que é cotação e conversão, é a hora de aprender como fazer a conversão das moedas.

Confira o câmbio

Primeiro, consulte o câmbio que vai ser aplicado na transação. Esse valor pode ser adquirido em simuladores online. Assim, você insere o valor total em reais ou em dólares e confere o valor referente à outra moeda.

Considere as taxas de câmbio

Depois, verifique as taxas aplicadas na transação. Nesse sentido, pode haver cobrança de IOF e outras tarifas. Por isso, inclua esse valor no planejamento financeiro.

Verifique as melhores opções para a operação

Por fim, pesquise os custos em diferentes instituições e operações disponíveis no mercado, para encontrar o melhor custo-benefício. Você pode optar por uma conta multimoedas, ou avaliar as taxas cobradas pelos bancos tradicionais.

De toda forma, a Husky tem tudo o que você precisa para converter dólar em real e realizar transferências internacionais sem burocracia.

eduardo Especialista em SEO e produção de conteúdo, já atuei em diversas empresas de renome no Brasil e exterior. Com vasta experiência em temáticas financeiras, gosto de ajudar as pessoas a tomarem melhores decisões com seu dinheiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.